Vacinação contra COVID-19 no Maranhão

Estado recebeu, nesse domingo (24), 48.500 doses da vacina contra a Covid-19, desenvolvida pela farmacêutica AstraZeneca, em parceria com a Universidade de Oxford, na Inglaterra.

Maranhão prioriza pacientes oncológicos e em diálise na vacinação e abre novos leitos — Foto: Julyane Galvão

Pacientes oncológicos e em diálise terão prioridade em nova fase de vacinação contra a Covid-19, segundo informou o Governo do Maranhão nesse domingo (24), quando recebeu 48.500 doses da vacina contra a Covid-19, desenvolvida pela farmacêutica AstraZeneca, em parceria com a Universidade de Oxford, na Inglaterra.

“Além dos profissionais da saúde, estamos orientando que haja disponibilização também para pacientes em tratamento de radioterapia, quimioterapia e hemodiálise. Esses são pacientes que podem ter um quadro mais grave de Covid e estão submetidos compulsoriamente a uma rotina hospitalar. Essa é uma nova diretriz que passa a integrar o Plano Estadual de Vacinação do Maranhão”, disse Flávio Dino, governador do Maranhão.

Após o recebimento das doses nesse domingo, elas seguiram sob escolta da Polícia Federal até a Rede de Frio do Estado, em São Luís, onde devem ficar armazenadas, até que sejam distribuídas para os 217 municípios maranhenses.

Por meio de uma rede social, o secretário estadual de Saúde, Carlos Lula, explicou as doses de Oxford/AstraZeneca só devem começar a serem distribuídas quando 70% das doses da CoronaVac, tiverem sido aplicadas no Maranhão. Ao todo, o estado recebeu 164.240 doses do imunizante desenvolvido pelo laboratório chinês Sinovac, em parceria com o Instituto Butantan, em São Paulo.

Comente a publicação
Gostou? Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Ganhe premios

Preencha o Cadastro Abaixo para Receber Dicas de Emprego, Negócios, Promoções, Descontos, Shows e Muito Mais!




    Leia também