Policial penal é preso suspeito de facilitar a entrada de celulares no Complexo de Pedrinhas em São Luís

Além dele, outras duas pessoas foram presas nesta sexta-feira (24). Segundo as investigações, os suspeitos integram uma organização criminosa que tinha obtinha vantagens indevidas contra os detentos.

A Polícia Civil do Maranhão (PC-MA) deflagrou na manhã desta sexta-feira (24), uma operação contra uma organização criminosa que oferecia vantagens para presos do sistema prisional em São Luís. Durante a operação, um policial penal e outros dois suspeitos foram presos.

O grupo teve vantagens juntos aos presos para facilitar a entrada de celulares dentro do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, entre 2019 e 2021. Além disso, eles tinham influência sobre os processos de saídas temporárias indevidas.

De acordo com as investigações, coordenadas pela Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção (Seccor), dois policiais penais e parentes de um deles teriam envolvimento com extorsões praticadas contra presos.

Segundo a polícia, os outros dois presos, são parentes do policial penal que foi preso nesta sexta-feira. Após a prisão, eles foram encaminhados ao Sistema Prisional de São Luís.

Comente a publicação
Gostou? Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Ganhe premios

Preencha o Cadastro Abaixo para Receber Dicas de Emprego, Negócios, Promoções, Descontos, Shows e Muito Mais!




    Leia também