Ministro da Educação defende retorno às aulas presenciais e ensino técnico

Milton Ribeiro disse que um pequeno e ruidoso grupo foi contra o retorno às salas de aula e que isso prejudicou o desenvolvimento escolar durante a pandemia

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, defendeu nesta quarta-feira (11), em entrevista à CNN Brasil, o retorno das aulas presenciais. Ele afirmou que um “grupo pequeno e ruidoso” teria ficado contra a volta às salas de aula e que isso teria prejudicado o desenvolvimento escolar durante a pandemia do novo coronavírus.

“Tem um grupo que ainda pequeno, mas ruidoso, que é contra o retorno das aulas presenciais. E isso prejudicou muito. Mas creio que a grande maioria da sociedade entendeu para que a gente possa começar a recuperar esse tempo perdido, a primeira decisão é o retorno presencial”, explicou o ministro. 

Milton ainda enfatizou que”a presença do professor em classe do aluno, é insubstituível.” E que  “nenhum método, nenhum tablet, nada pode superior a presença do professor.”

Sobre o caso em que afirmou que a universidade deveria ser um espaço “para poucos” e que as pessoas trabalham como motoristas de aplicativo por não conseguirem se colocar no mercado de trabalho, afirmou que não desmereceu em nenhum momento a profissão. O minsitro defendeu a tese de que há mais possibilidades no mercado de trabalho com o ensino técnico profissionalizante.

“Sem qualquer desmerecimento à profissão de motorista, por exemplo, eu já peguei inúmeros uber, que o motorista faz questão de dizer ‘eu sou advogado, eu sou engenheiro, eu sou administrador’. Estou querendo dizer que está na hora do Brasil olhar para educação de formação profissional de nível técnico. Foi nesse contexto que eu falei que a universidade é para poucos.”

Comente a publicação
Gostou? Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Ganhe premios

Preencha o Cadastro Abaixo para Receber Dicas de Emprego, Negócios, Promoções, Descontos, Shows e Muito Mais!




    Leia também