Leitos para pacientes com Covid-19 serão desativados em hospital referência de São Luís

O Governo do Maranhão anunciou a desativação de uma ala do Hospital Dr. Carlos Macieira, em São Luís, que atendia exclusivamente pacientes com Covid-19.

Ao todo, 12 leitos UTIs e 70 de enfermaria para Covid-19 do Hospital Dr. Carlos Macieira foram desativados e redistribuídos para outras especialidades. Governo informa que os novos serviços para a doença devem ser fechados nas próximas semanas. A unidade, era uma das referências para tratamento da doença na capital. A Secretaria Estadual de Saúde (SES), informou que nas próximas semanas, serão fechados mais serviços que tratam da doença em hospitais de São Luís e, os atendimentos serão concentrados em um só lugar, que ainda não foi divulgado. A diminuição gradual dos leitos já havia sido informado nas últimas semanas.

De acordo com o secretário estadual de Saúde, Carlos Lula, a medida foi tomada por conta da queda nas internações pela Covid-19, que segundo ele, era de 25% em dois hospitais da Grande Ilha até a terça-feira (7). Ele afirma que a suspensão dos serviços não significa que o estado já venceu a pandemia.

 

“Não pode significar o relaxamento. Não pode significar que a gente venceu, isso não pode significar as aglomerações que a gente viu no fim de semana. A gente tá vencendo a doença, a gente tem vencido as batalhas, a gente está diminuindo progressivamente os leitos. Então, a gente ainda está longe de dizer que venceu a doença. Não tem vacina, não tem medicamento eficaz. Precisamos manter as medidas, que é o uso de máscaras, higienização das mãos, distanciamento social para a gente não ter uma segunda onda da doença no estado”, disse Lula.

Carlos Lula afirmou que caso haja um aumento no número de infecções pelo novo coronavírus, todas as medidas de reabertura de gradual comércio e serviços no estado podem ser revogadas. Segundo o secretário, a população precisa manter o isolamento social e os cuidados com a higiene para evitar o retrocesso das atividades.

 

Níveis de contagio

O ritmo de contágio pelo novo coronavírus aumentou na grande São Luís. Antes, os números de casos apresentaram uma queda significativa, mas em julho voltou a subir, de acordo com os dados da Secretaria de Estado de Saúde (SES). No último fim de semana, dois bailes funk clandestino foram interrompidos por autoridades, na capital. Desde o fim de maio, o estado vive o processo de retomada as atividades de maneira gradual. O governador informou durante uma coletiva de imprensa, que a reabertura é apenas uma ‘experiência’ e caso haja uma ‘nova onda de infecção’, os decretos podem ser revistos e regras mais rígidas podem ser implementadas no novo decreto.

O processo de desativação de leitos e protocolos voltados para a Covid-19 também começou a ser realizada em outras regiões do país.

 

Por Luciana Ramalho

Comente a publicação
Gostou? Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Ganhe premios

Preencha o Cadastro Abaixo para Receber Dicas de Emprego, Negócios, Promoções, Descontos, Shows e Muito Mais!




    Leia também