Indígenas liberam servidores do DSEI após reestabelecimento de água no MA

Índios da etnia Guajajara queriam uma bomba nova, mas com a volta da água acabaram aceitando a bomba que foi consertada.

Foram liberados no começo da tarde dessa quinta-feira (28) os três funcionários do Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) que estavam impedidos de sair, por índios da etnia Guajajara, da terra indígena Pindaré, situada no município de Bom Jardim, a 275 km de São Luís. A liberação aconteceu após o reestabelecimento do fornecimento de água em duas aldeias que ficam na região.

A falta de água foi o motivo que levou os índios a impedirem a saída dos funcionários do DSEI da terra indígena Pindaré por mais de 48 horas. Os índios queriam uma bomba nova, mas com a volta da água acabaram aceitando a bomba que foi consertada. Os servidores do Distrito Sanitário Especial Indígena estavam impedidos de sair da aldeia desta a terça-feira (26).

Segundo as lideranças, há outras situações relacionadas a atuação do DSEI que tem revoltado a comunidade. Os índios denunciam também as condições do atendimento de saúde, que de acordo com eles estão com equipamentos deteriorados.

Comente a publicação
Gostou? Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Ganhe premios

Preencha o Cadastro Abaixo para Receber Dicas de Emprego, Negócios, Promoções, Descontos, Shows e Muito Mais!




    Leia também