Habilidades socioemocionais: entenda como elas podem incidir no futuro das crianças

Desde que inteligência emocional passou a ser compreendida como parte fundamental do desenvolvimento humano, sentimentos e emoções têm recebido a atenção de educadores, psicólogos e demais profissionais envolvidos na área.  

 

 

As habilidades socioemocionais compreende uma série de fatores que os seres humanos possuem para lidar com suas emoções, gerenciar metas de vida e se relacionar com as pessoas que estão ao seu redor. Por isso, torna-se essencial aprender de que forma essas habilidades podem incidir sobre a trajetória da carreira, assim como compreender suas possibilidades de desenvolvimento e aprimoramento.

 

Estas habilidades abrangem o autoconhecimento, a empatia (capacidade para se colocar no lugar do outro), o espírito colaborativo, a resiliência (capacidade de superar os obstáculos, bem como superar e adaptar-se a situações adversas).

 

Por se tratar de ser um ser social por essência, o homem necessita desenvolver as habilidades socioemocionais para poder viver em sociedade, construindo relações mais fortes e saudáveis. Essas habilidades são cobradas diariamente nas mais diversas circunstâncias, integrando os processos relacionados a aprender, a conhecer, a ser, a trabalhar e a conviver.

Entenda

A vida adulta é marcada por responsabilidades, entre elas, o exercício profissional. No geral, as pessoas se capacitam profissionalmente através da formação acadêmica, que inclui recursos técnicos, de graduação e pós- graduação.

É importante ressaltar que, todas essas qualificações não garantem o sucesso em uma profissão, porque o percurso de qualquer carreira envolve necessariamente habilidades intra e interpessoal. Em outras palavras, além de dominar conhecimentos e técnicas inerentes à área de formação, é importante que o profissional saiba gerir seus sentimentos e emoções, afim de regular seu comportamento para alcançar seus objetivos.

É por meio do desenvolvimento e da prática das habilidades socioemocionais que o profissional terá melhores condições de identificar, gerenciar e solucionar problemas relacionados aos seus próprios afazeres e ao trabalho em equipe. Elas podem interferir tanto negativa quanto positivamente no desempenho das atividades profissionais, o que dependerá da forma como o indivíduo é capaz de lidar.

Como desenvolver

Dependendo da estruturação socioafetiva, tipos de relações estabelecidas, lugares institucionais frequentados e faixa etária, as pessoas têm possibilidades diferentes de desenvolver suas habilidades socioemocionais. O ambiente familiar, o contexto interativo entre os pares e as instituições educacionais podem ser os domínios mais frutíferos para e emergência dessas habilidades, se estiverem em sintonia com esse objetivo.

O ambiente familiar, o contexto interativo entre os pares e as instituições educacionais podem ser os domínios mais frutíferos para e emergência dessas habilidades, se estiverem em sintonia com esse objetivo. A infância é, sem dúvida, a fase mais propícia para o desenvolvimento das habilidades socioemocionais, pois, é nessa etapa da vida que os seres humanos têm mais predisposição biopsicossocial e condições gerais de aprendizagem.

Por isso, é fundamental que essas capacidades sejam estimuladas desde muito cedo nas crianças, que já passarão a orientar suas ações e comportamentos com base nelas.

 

Comente a publicação
Gostou? Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Ganhe premios

Preencha o Cadastro Abaixo para Receber Dicas de Emprego, Negócios, Promoções, Descontos, Shows e Muito Mais!




    Leia também