Apreensões de cocaína aumentam 50% em portos brasileiros

Foram mais de 47,1 toneladas apreendidas no ano de 2019, houve  um crescimento de 11,6 comparado ao ano de 2018.

 

De acordo com a receita Federal, a maior parte das drogas foi encontrada nos portos de Santos (18,9t), Paranaguá (13,5t), Natal (4,4) e Itajaí (3,7t). De acordo com a Receita, os principais destinos eram Holanda, França e Bélgica.

Em Paranaguá, foram apreendidos em dois contêineres contendo 869 kg de cocaína.

Investigações  feitas pela PF indicam que dentro dos portos trabalham pessoas subordinadas a traficantes que rompem os lacres e escondem a cocaína nos contêineres.

A Receita Federal acredita que os índices de apreensão tem a ver com o aumento de produção ‘coca’.

Luciana Flores, superintendente regional da Polícia Federal (PF), explica a importância do patrulhamento em portos brasileiros.

Na última quinta-feira (17) a polícia Federal criou o projeto “Teto Baixo”, com o intuito de lutar contra uma organização. A ação ocorre em Roraima, Amazonas, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Pará e Tocantins.

Comente a publicação
Gostou? Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Ganhe premios

Preencha o Cadastro Abaixo para Receber Dicas de Emprego, Negócios, Promoções, Descontos, Shows e Muito Mais!




    Leia também