Após morte de traficante “3N”, polícia teme represália de facções rivais

O traficante foi atingido durante um conflito em Itaboraí nesta terça-feira (26).

Segundo o chefe de polícia militar, Marcos Vinícius Braga, a morte de “3N” pode gerar represálias, mas estão tomando todas as medidas cabíveis para evitar as possíveis ações dos criminosos.

“Sabemos perfeitamente que os elementos neutralizados na operação de hoje eram de grande importância em uma facção rival a que continua em São Gonçalo. Há possibilidade efetiva de novos conflitos, mas estamos monitorando tudo. O objetivo agora é se antecipar”, disse Marcus Vinícius Braga.

De acordo com o porta voz da polícia militar, Mauro Fliess, disse que a corporação está pronta para atuar e deve agir monitorando toda e qualquer movimentação dos indivíduos.

O traficante Thomaz Jahyson Vieira Gomes, antes conhecido como “3N”, chefiava a venda de drogas no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo.

Thomaz foi um dos traficantes com maior recompensa oferecido pelo Disque Denúncia em troca de informações que resultassem na prisão dele.

Comente a publicação
Gostou? Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Ganhe premios

Preencha o Cadastro Abaixo para Receber Dicas de Emprego, Negócios, Promoções, Descontos, Shows e Muito Mais!




    Leia também